quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Cedo?!

Gente, precisamos esclarecer um ponto aqui: percebemos que para parte das pessoas o Walden está sendo visto como uma casa que encerra suas atividades diárias cedo.
O buraco é mais embaixo.

Desde que abrimos as portas ao público e começamos a funcionar, em abril/2012, fizemos questão de salientar nossa insatisfação perante essa "ditadura" das baladas em São Paulo.

Que ditadura é essa? Humn, se excluirmos as iniciativas itinerantes, ou em lojas, galerias, centros culturais ou espaços independentes, e nos concentrarmos nas casas de shows (onde acontece a grande maioria dos shows), veremos que quase todos os eventos iniciam tarde da noite.

Queríamos (e queremos!) oferecer eventos começando cedo.
Por cedo entendemos 19h mais ou menos.
Um aspecto importante nessa questão toda é o metrô.
A ideia é proporcionar o acesso ao metrô a quem depende de transporte público, tanto para vir ao Walden quanto para ir embora.
Nem todos dispõem de meio próprio de transporte e nem todos estão dispostos a esperar a volta do metrô na manhã seguinte.

Assim, na lata:
1 - Somos pela diversidade, nada contra os eventos tarde da noite e nada contra as casas, apenas queremos oferecer alternativas;
2 - Os eventos no Walden começam cedo sim, mas isso não quer dizer que também devam acabar cedo. Mesmo que os shows acabem antes do fechamento do metrô, enquanto houver movimento na casa, a festa continua, oras!

O Walden dispõe de 3 andares: no subsolo temos o porão, com discotecagens e shows; no mezanino há o lounge, com sofá, mesa de sinuca, som ambiente - próprio, e projetor; e no térreo o bar, com som próprio também. O Espaço oferece muito para quem quer se divertir, bater um papo etc.

O Walden preza pela diversidade e pela inclusão.
Trocando em miúdos, o que queremos é atender tanto a quem depende de transporte público como também a quem dispõe de transporte próprio.
Ou seja, não tem essa de fechar cedo, só fechamos cedo quando não há movimento.


Nenhum comentário:

Postar um comentário